Nota de pesar pelo Instituto Brasileiro de Direitos Humanos

Nota de pesar pelo Instituto Brasileiro de Direitos Humanos

O Instituto Brasileiro de Direitos Humanos vem a público manifestar seu pesar pelo falecimento de seu Vice-presidente, o professor Paulo Bonavides.

Jurista e cientista político, Paulo Bonavides era professor emérito da Universidade Federal do Ceará e um gigante do pensamento brasileiro, induvidosamente seu maior constitucionalista. Foi membro da Academia Cearense de Letras; professor emérito da Universidade Federal do Ceará, onde lecionou na graduação e na pós-graduação; doutor em direito; e doutor honoris causa pela Universidade de Lisboa, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade de Fortaleza. Ao longo de uma carreira que se estendeu por sete décadas, produziu uma vasta e excepcional obra, tendo recebido diversas homenagens e condecorações, entre elas a Medalha Rui Barbosa da Ordem dos Advogados do Brasil; a Medalha Teixeira de Freitas do Instituto dos Advogados do Brasil; e a Medalha da Abolição do Governo do Estado do Ceará.

Sua morte, aos 95 anos, deixou em luto a comunidade jurídica do país, tendo sido registrada com ênfase a sua extraordinária contribuição ao direito, à justiça e à democracia.

Descanse em paz, ilustre e querido professor.

Antônio Augusto Cançado Trindade, César Barros Leal e demais membros da direção do IBDH